Como funciona a energia solar fotovoltaica?

 

Como funciona a energia solar

Como funciona a energia solar

O tema sobre energia solar está entre as tendências de debates atualmente, dessa forma, você deve entender sobre o funcionamento dessa energia.

Até porque, esse é um dos requisitos para adquirir ou montar um sistema de geração de energia solar.

Empreendedor solar

Abaixo, trouxemos muitas informações importantes que podem te ajudar a compreender sobre o funcionamento da energia solar, o que te ajuda a escolher a melhor opção no seu caso.

Há muito tempo, a energia solar é usada em comércios, residências, áreas rurais, indústrias e na própria geração de energia elétrica.

Sendo assim, a energia solar é uma opção incrível para economizar a conta de energia, sendo uma alternativa limpa e renovável.

Destaque-se que existem três tipos de energia solar, a heliotérmica, térmica e a fotovoltaica, e cada uma delas tem a sua atuação própria.

A energia solar fotovoltaica, por exemplo, atua através do efeito fotovoltaico, o que gera eletricidade.

Já a energia solar térmica usa o sol como a sua fonte de energia, a fim de aquecer os líquidos.

E, por fim, a energia heliotérmica aquele os líquidos, usando o vapor para mover as turbinas.

O sistema de energia solar fotovoltaica usa os painéis solares para captar luz, e então gerar correntes elétricas contínuas, convertidas posteriormente em correntes alternadas.

Logo, a eletricidade será distribuída e vai gerar créditos de energia, ou ser apenas armazenada.

Como funciona o efeito fotovoltaico?

A energia solar fotovoltaica funciona com base no fenômeno que envolve o processo da colisão, entre as partículas de luz solar e os átomos de silício no painel solar.

Isso gera o deslocamento dos elétrons, criando uma corrente elétrica contínua, conhecida como energia solar fotovoltaica.

Dessa forma, a base do funcionamento do sistema de geração de energia elétrica solar é o painel solar, responsável pela captação da luz.

Sendo assim, através do efeito fotovoltaico, é possível gerar a energia elétrica necessária, sendo convertida por parte do inversor solar.

É possível citar três maneiras de funcionamento desse sistema, variando de acordo com o tipo de sistema.

Esse sistema pode ser conectado à rede (on-grid), isolado ou autônomo (off-grid) e o sistema híbrido.

Você consegue distinguir o funcionamento desses sistemas com base no seu modo de operar, uma vez que o sistema on-grid funciona com a inserção de energia direto na rede elétrica.

Por outro lado, o sistema off-grid é realizado através de baterias responsáveis por armazenar a eletricidade.

E o sistema híbrido tem o seu funcionamento simultâneo, onde o trabalho ocorre conectado à rede, ao passo que o banco de baterias fica carregando.

Sistema fotovoltaico conectado à rede

O sistema fotovoltaico conectado à rede segue o seguinte esquema:

  • O painel solar fica responsável por gerar a energia solar fotovoltaica
  • Já o inversor solar faz a conversão da energia solar para a sua empresa ou residência
  • Logo, ocorre a distribuição da energia para a sua residência ou empresa
  • Então, a energia solar pode ser usada pelos equipamentos elétricos e utensílios
  • Por fim, o excesso de energia gera créditos, depois de ir para a rede da distribuidora

O painel solar fica responsável por gerar a energia solar fotovoltaica

O painel solar fica responsável por essa geração de energia solar a partir da reação com o luz solar.

Dessa forma, os painéis solares estarão conectados entre si no inversos solar

O inversor solar faz a conversão da energia solar para a sua empresa ou residência

Depois disso, o inversos solar vai converter a energia solar de corrente contínua para corrente alternada.

Isto é, o inversor vai transformar a corrente na energia elétrica necessária para ser utilizada nos seus equipamentos elétricos.

Ocorre a distribuição da energia para a sua residência ou empresa

Quando a energia elétrica sai do inversor, ela é distribuída para a residência ou empresa.

Logo, se essa energia é gerada por você, não terá nenhum custo por usá-la, logo, conseguirá diminuir a energia comprada da distribuidora.

No entanto, é interessante destacar que as distribuidoras apresentam as suas regras de maneira individual, no que se refere à conexão do sistema de energia solar à rede elétrica.

Por conta disso, você precisa realizar a solicitação de um orçamento para empresas já especializadas no setor.

A energia solar pode ser usada pelos equipamentos elétricos e utensílios

Depois de todo esse processo, finalmente a energia solar pode ser usada pelos equipamentos elétricos, bem como os utensílios domésticos.

Então, você conseguirá ligar os computadores, motores elétricos, lâmpadas ou qualquer outra coisa que esteja conectada na tomada.

O excesso de energia gera créditos, depois de ir para a rede da distribuidora

Por fim, depois que o seu sistema de energia solar for instalado, o relógio de luz antigo será trocado por um novo, cuja característica principal é ser bidirecional.

Bidirecional significa que ele vai medir a entrada, bem como a saída de energia.

O relógio de luz vai medir o consumo de energia quando não há incidência de solar, e a energia solar é gerada em excesso.

Assim, a energia solar vira créditos de energia, sendo medidos em kWh.

Dessa maneira, a cada kWh gerado, você receberá 1 crédito de kWh, podendo ser consumido em até 60 meses.

Com isso, ao final do mês, ao receber a conta de energia, conseguirá visualizar o consumo de rede e quanto de energia foi injetado na rede.

Caso você tenha injetado a mais na rede, isso significa créditos de energia, o que garante a economia nas contas.

Isso indica que você vai produzir energia limpa, com o auxílio da luz do sol, reduzindo as contas de luz.

Destaque-se que os créditos energia possuem regulamentação da Agência Nacional de Energia Elétrica, com regras específicas.

Como usar energia solar de maneira segura?

A principal forma de usar energia solar de maneira segura é seguindo o regulamento da ANEEL, realizando a manutenção frequência dos equipamentos para captar energia.

Essa regulamentação faz com que você utilize a energia solar na sua forma adequada, sempre priorizando a segurança, tanto no comércio quanto nas residências, onde é gerada a energia solar.

 

► Entre para o grupo de Empreendedores que faturam de R$4.000,00 a R$30.000,00 mês. Formação completa em 40 dias, Instalação, Projeto e Comercial.saber mais sobre o cursozap do curso

Instrutor Técnico no Curso Elétrica e Cia, Formada pela Escola Técnica CEC e Estudante de Engenharia Elétrica - Um cara apaixonado por Energia Solar e Eletrônica. Crea-RJ: 2018103375

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *