Qual a margem de lucro de uma empresa de energia solar?

 

Nos dias atuais, a energia solar é um tema muito discutido, e as pessoas começam a se questionar se ser uma instalar dessa energia pode dar lucro.

Margem de lucro

Qual a margem de lucro de uma empresa de energia solar?

Se você está pensando em ser um instalador de energia solar, existem duas maneiras para exercer a profissão.

Empreendedor solar

Uma delas é trabalhar com salário fixo, ou seja, em uma empresa específica de energia solar, cujo regime seja celetista.

Por outro lado, outra opção é empreender nessa área, sendo o dono da sua própria empresa de energia solar.

Nesse último caso, você precisará realizar o serviço de dimensionamento, bem como instalar o sistema fotovoltaico.

O salário do técnico de instalação pode estar entre R$ 1.500 e R$ 3.000, trabalhando diretamente com energia solar fotovoltaica.

Entretanto, em alguns casos o salário desse instalador pode chegar a R$ 5.000, mas claro que isso depende da especialização, região e a experiência profissional.

Com isso, vemos que uma empresa de energia solar pode ter muito lucro, principalmente porque os profissionais que nela trabalham geram valor.

A empresa de energia solar pode ganhar ainda mais porque é possível contratar técnicos autônomos para serviços em específico.

Esse técnico autônomo não tem um ganho fixo, entretanto, a cada instalação ele ganha um lucro de 20% do valor.

Geralmente, o valor da instalação que o técnico recebe é de R$ 2.000, então, você, como dono, decidirá o caminho mais lucrativo a seguir.

Veja também

Como Abrir sua empresa de energia solar

Veja mais dicas no SEBRE

Como foi dito acima, a energia solar, bem como o seu marcado, cresce muito e de maneira exponencial no Brasil.

Em 7 anos, em média, existem mais de 80 mil de sistema fotovoltaicos em diversas empresas e residências.

A previsão é de que até 2024 esse número cresça ainda mais, visto que o discursos mais sustentável domina o mundo.

Nesse cenário, é importante destacar que a perspectiva é que o número de profissionais do ramo aumente, a fim de atender a essa demanda.

Dentre todas as profissões do mercado brasileiro, a de técnico e instalador fotovoltaico é uma das que mais crescem no setor.

Para que a instalação ocorra, seja residencial ou comercial, dois profissionais precisam estar responsáveis por esse procedimento.

Um deles é o projetista de energia solar, responsável por fazer o dimensionamento do sistema de energia solar e o projeto, como um todo.

E outro profissional é o instalador de sistemas, realizando a parte física desse projeto, com base no trabalho do projetista e das normas (NR10 e NR35).

Quanto ganha um instalador de energia solar?

O técnico instalador de energia fotovoltaica recebe de R$ 1,5 a R$ 3 mil como falamos acima.

No entanto, os ganhos desses técnicos são maiores em situações de comissionamento, dependendo ainda da experiência e do conhecimento profissional.

Inclusive, para ter o seu empreendimento próprio é possível abrir uma franquia de energia solar ou empresa de instalação de sistema de energia solar em seu município.

Como você será o seu próprio chefe, terá uma noção do lucro líquido, podendo ser de, ao menos, R$ 2 mil por instalação residencial.

Dessa maneira, se o projeto fotovoltaico custar de R$ 15 mil a R$ 20 mil, o lucro pode ser de 15% a 20%, tornando o seu negócio atraente para possíveis investidores.

A fim de tornar mais prático esse rendimento, é necessário ter um orçamento sempre controlado.

No orçamento, inclua todos os gastos iniciais, incluindo a mão de obra, os equipamentos e a equipe que precisa para desenvolver a empresa.

Com isso, o comum é ter um lucro aproximado de R$ 7 mil por instalação, desde que o seu orçamento siga conforme o planejado.

Quais as funções do instalador de energia solar?

O instalador de energia solar possui diversas funções, contudo, existem algumas atividades que se destacam, como:

  • Montar a estrutura de sustentação responsável por acomodar o conjunto das placas solares, estando nivelada e fixada na parte do telhado;
  • Instalar a parte elétrica do sistema, fazendo toda o cabeamento do sistema, bem como às conexões DC (corrente contínua) e AC (corrente alternada), além dos dispositivos de proteção e seccionamento do arranjo fotovoltaico;
  • Programar o inversor, o comissionamento e identificar o sistema.

Para realizar esse processo, o profissional em questão deve utilizar as ferramentas específicas para fazer esse trabalho com qualidade.

Outras formas de ganhar dinheiro com energia solar

Ser um instalador de sistemas fotovoltaicos não é a única forma de obter lucro com energia solar, como o programa de afiliados do portal solar.

Esse programa ocorre da seguinte forma: você indica um cliente e ganha comissão se a compra for de fato efetuada através do Portal Solar.

Ao passo que as suas indicações forem progredindo, tudo poderá ser acompanhado pelo aplicativo, disponível para Android e IOS.

Nesse aplicativo, você ainda consegue realizar a transferência do valor dessas comissões.

Então, nesse formato, não há preocupações com as vendas dos sistemas, pois a equipe especializada ficará encarregada de passar as informações necessárias.

Claro que existem outras empresas com essa proposta, e você vai fazer o que achar melhor, mas essa é uma forma de ganhar dinheiro com energia solar.

Equipamentos usados pelo instalador de energia solar

Para ter a sua empresa de energia solar e ter uma noção do lucro do negócio, é preciso conhecer os equipamentos usados.

Assim, você poderá ter uma base do quanto vai gastar e de que maneira pode economizar.

Dentre os equipamentos usados por instaladores de energia solar podemos citar o kit básico, que consiste em fita métrica, alicate, chave de fenda, martelo e outros afins.

Mas também é necessário ter alguns itens de segurança, como os Equipamentos de Proteção Individual e Coletivo.

Esses EPI’s e EPC’s ofertam capacete, óculos, luva, bota, talabarte e outros.

Os equipamentos para implantar o arranjo fotovoltaico são a escada, andaime, parafusadeira e furadeiras, ou até serra arco.

E no caso da integração elétrica, os sistemas precisam de alicates de corte, conectores, megômetro e outros acessórios específicos.

Cursos de energia solar

Se você está pensando em começar a sua empresa no ramo de energia solar, é essencial que você realize cursos nessa área.

A sua equipe inteira deve estar por dentro da proposta da empresa.

Então, invista em capacitações para a sua empresa e construa um negócio de qualidade.

 

► Entre para o grupo de Empreendedores que faturam de R$4.000,00 a R$30.000,00 mês. Formação completa em 40 dias, Instalação, Projeto e Comercial.saber mais sobre o cursozap do curso

Instrutor Técnico no Curso Elétrica e Cia, Formada pela Escola Técnica CEC e Estudante de Engenharia Elétrica - Um cara apaixonado por Energia Solar e Eletrônica. Crea-RJ: 2018103375

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *